Paradoxo Stockdale

O momento que estamos vivendo pede que a gente aceite corajosamente a realidade que estamos vivendo e, por outro lado, que a gente mantenha uma fé inabalável de que vamos superar e vencer no final.

Isso me fez lembrar do ‘Parodoxo Stockdale‘, apresentado por Jim Collins no livro ‘Empresas Feitas para Vencer’.

De acordo com Collins, o almirante Jim Stockdale foi um militar americano de mais alta patente a viver no campo de prisioneiros de guerra ‘Hanoi Hilton’, no auge da Guerra do Vietnã. Torturado mais de 20 vezes em seus oito anos de cativeiro, de 1965 a 1973, Stockdale viveu a guerra sem qualquer direito de prisioneiro, sem data para ser libertado e sem qualquer certeza se sobreviveria para reencontrar sua família.

Durante a captura, ele quebrou uma das pernas e acabou perdendo os movimentos do membro por não ter sido tratado. Stockdale era diferente dos outros prisioneiros porque estava focado em salvar a sua própria vida e de seus soldados. Ele criou um sistema de comunicação próprio para que os prisioneiros não se sentissem, abandonados, além de elaborar regras para que conseguissem sobreviver à torturas.

Mas Stockdale nunca perdeu a fé, nunca duvidou que sairia vivo e que venceria no final, transformando aquela experiência num divisor de águas na sua vida.

Jim Collins, numa conversa com Stockdale, questionou quem não conseguiu sobreviver e Stockdale explicou que foram os otimistas. “Os otimistas eram aqueles que diziam: ‘Estaremos fora daqui na época do Natal’. Bem, o Natal chegava, o Natal ia embora. E eles diziam: ‘Estaremos fora daqui na Páscoa’. E a Páscoa chegava e ia embora. E depois vinha o Dia de Ação de Graças, e o Natal novamente. E eles morriam com o coração partido”.

Depois Stockdale completou “Você nunca deve confundir a fé que você tem de que vai vencer no final – que você nunca pode se dar ao luxo de perder – com a disciplina de enfrentar a realidade nua e crua de sua situação atual, seja ela qual for”.

A vida nem sempre é justa. Todos nós vamos passar por dificuldades, crises e circunstâncias dolorosas ao longo do caminho. O que diferencia as pessoas não é a presença ou ausência de dificuldades, e sim a forma como elas lidam com as inevitáveis dificuldades da vida.

Por isso, por mais difícil que seja a sua situação neste momento, não perca a fé, a esperança, a confiança em dias melhores. Mas não deixe de encarar a realidade, por mais difícil que ela pareça, pois só assim você será capaz de enfrenta-la.

Coragem, meus amigos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s