Naturologia

A Naurologia é uma ciência da área da saúde, que orienta a utilização das terapias naturais, tradicionais e modernas, para o cuidado humano de forma integral, ou seja, considerando os aspectos físico, mental, emocional e energético. Visa à promoção, manutenção e recuperação da saúde, bem como à melhoria da qualidade de vida.

O naturólogo utiliza diversas terapias naturais, tais como Aromaterapia, Fitoterapia, Florais, Massoterapia, Reflexoterapia, Cromoterapia ou outras,  para estimular as forças  naturais  do corpo humano, restabelecendo assim a harmonia entre corpo, mente e emoções. Trabalha de forma a conscientizar o indivíduo de sua saúde, do seu estilo de vida e principalmente de seu papel ativo e responsável na preservação da saúde.

Benefícios: Melhora de dores agudas e crônicas , auxilia em distúrbios gastrointestinais, problemas do sono e desordens emocionais como ansiedade, irritabilidade, estresse e depressão, entre outras queixas.

Naturologia é uma boa forma para se buscar equilíbrio, bem-estar e saúde

Coordenador do curso de Naturologia da Universidade Anhembi Morumbi (SP) explica a graduação e as terapias que promovem a qualidade de vida

Trabalho, estudos, trânsito, casa, filhos, família, relacionamento…ufa! A correria do dia a dia e a falta de tempo para realizar atividades físicas e relaxar fizeram com que a palavra bem-estar tivesse um significado especial. Em meio a tanto estresse, os cuidados com o corpo e a saúde voltaram a ser prioridade na vida do brasileiro, que está tentando desacelerar e fugir um pouco dos problemas. Para auxiliar a busca pelo equilíbrio, houve o surgimento de uma nova área com diversas atividades e terapias que utilizam métodos naturais, tradicionais e modernos de cuidado: a Naturologia.

Anhembi Morumbi, em São Paulo, explicou que essa é uma ciência responsável pela utilização de técnicas integrativas ou complementares na promoção da qualidade de vida, recuperação da saúde e prevenção de doenças da pessoa em geral. “O naturólogo cuida, faz uma anamnese muito bem estruturada. Vai ver o foco principal do problema, mas vai usar os recursos diagnósticos e terapeutas para ter a visão pouco mais abrangente e ir direto à causa. Ele não tem o foco na consequência, mas na raiz do problema e entender o que está acontecendo com você”, explicou André.O professor André Ribeiro, coordenador do curso de Naturologia da Universidade

As terapias são fundamentadas em métodos naturais milenares ou modernos com eficácia comprovada. O naturólogo pesquisa, ensina, orienta e utiliza terapias naturais na prevenção e no tratamento de doenças ou distúrbios físicos e psíquicos ou na melhoria da qualidade de vida do homem. Atua em equipes multiprofissionais, buscando o restabelecimento do equilíbrio energético dos pacientes, com o emprego de grande variedade de técnicas e materiais.

“No curso de graduação, o aluno tem todas as práticas como  Acupuntura; cromoterapia; toda parte do diagnótisco e leitura dentro da Medicina Tradicional Chinesa, através da língua, pele e orelha; Massoterapia; Tikkun, parecido com Tai Chi Chuan; Hidroterapia, desde a utilização da água, bebendo até a entrada na piscina; Fitoterapia; Terapia Floral; Aromaterapia; Terapia Ayurveda, que é a indiana; Terapia Meditativa Ativa, não só a clássica, para pessoas com muita ansiedade; Yogaterapia,  baseada na postura com fins terapêuticos; entre outras. No curso, ele pratica e pode aplicar fora”, destacou o coordenador.

O compromisso da Naturologia enfatiza o bem-estar do indivíduo, da comunidade e do meio ambiente e pode ser conceituada como um estilo de vida, uma filosofia do bem-viver.O naturólogo é capacitado para atuar em diversos locais que atendam às áreas da Saúde e Bem-estar, como consultórios e clínicas, SPAs, consultoria em qualidade de vida a empresas, academias e escolas de yoga e dança, atenção à saúde do trabalhador, hospitais, atenção à saúde do idoso e atuação em equipe de saúde em serviço público. Na área de Hospitalidade, esse profissional atua em cruzeiros marítimos e estâncias hidrominerais. Pode trabalhar também no gerenciamento dos estabelecimentos que aplicam esses métodos e essas técnicas.

“Ele aprende a lidar com grupos e terapias em grupo, mas não a ver com Psicologia, mas sabem conduzir grupos de idosos, crianças e adolescentes. Nas aulas de Nutrição, ministradas por uma nutricionista formada, ela explica até onde o naturólogo pode ir e onde entra o nutricionista para não ter problemas disciplinares e éticos. Toda parte científica é estimulada durante o curso:  Antroposofia, Psicologia, Ecologia, Saúde Pública e Gestão. É um curso bem completo, estruturado e denso, cujo foco principal é que o aluno tenha um raciocínio clinico”, complementou André Ribeiro.

Na Universidade Anhembi Morumbi, foi criado o primeiro SPA-escola. As terapias e práticas da graduação são abertas ao público por um preço acessível. É uma boa oportunidade para alunos exercitarem-se e as pessoas conhecerem a Naturologia. O curso consiste em oito semestres, incluídas todas as disciplinas recomendadas para a formação de um naturólogo competitivo no mercado de trabalho. Prevê uma formação humana, crítica e reflexiva, preocupada com a saúde da população e engajada em ações comunitárias.

FONTE: Globo Universidade, Rede Globo.

Você sabe o que é Naturologia ?

Por Lucia Freitas

Existe uma nova carreira na área de saúde, ainda pouco conhecida no Brasil, a Naturologia. Segundo a naturóloga e terapeuta Ana Carolina Arruda, o diálogo com as pessoas normalmente é o seguinte:

-Naturologia

– Natu o quê?

– É Na-tu-rologia

– Ahhh tá. Que legal! Mas… O quê é isto?

O Naturólogo fica durante os quatro anos de sua formação universitária estudando terapias complementares. Você sabia que a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhece como eficientes muitas terapias alternativas?

“São quatro anos e meio de estudo acadêmico, mesclando teoria e prática, sabedorias milenares e contemporâneas. O curso surgiu acompanhando um novo paradigma em saúde que passou a contemplar o Brasil nos últimos anos: olhar para as terapias ditas naturais, complementares e alternativas como formas reais de promover, prevenir e melhorar a saúde”, explica Ana Carolina.

Eles conhecem o organismo, além de remédios naturais e industrializados. Estudam o desenvolvimento, comportamentos, conhecimentos e práticas contemporâneos e antigos. Atuam, em geral, em clínicas e spas – e também em consultórios, seja deles ou de outros profissionais de saúde que já conhecem a prática. “Há inclusive gente que trabalha no SUS, em prefeituras”, explica Ana Carolina.

O melhor desse profissional é algo que se perdeu com a medicina espalhada em especialidades fechadas: olhar a pessoa integralmente. “É outro paradigma de saúde: o naturólogo não é só um profissional que te dá uma dica pontual, faz procedimento. É um educador para a saúde. É um papel preventivo, baseado em sintoma, claro, mas preocupado em mudar a vida de quem atende”, explica a profissional.

Existem, hoje, duas faculdades formando profissionais: a Anhembi-Morumbi, em São Paulo, e a Unisul, em Santa Catarina. A profissão está se organizando para ser reconhecida como tal – fazendo pesquisas, publicando trabalhos e criando suas associações de classe. O Ministério da Saúde usa a prática através da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares.

Se você é da turma que gosta e usa homeopatia, florais e pensa em saúde como mais que “curar uma doença”, a naturologia é para você. A prática usa o termo interagente para falar de seus usuários – ou seja, é algo construído entre você e o profissional, em que pedem a sua voz ativa.

Ana Carolina deixa uma dica preciosa para quem mora nas cidades em que existem as universidades: como os cursos pedem prática, você arruma atendimento de ótima qualidade a preço muito bom.

Ana Carolina Arruda é naturóloga, arteterapeuta, terapeuta corporal, poeta nas horas vagas, e trabalha no Rio de Janeiro. Seu blog, onde fala um pouco do assunto chama-se Naturologia no Rio.

Fonte: Discovery Mulher