Reiki

Reiki é um sistema natural de harmonização e reposição energética que mantém ou recupera a saúde. O Reiki é um sistema próprio para despertar o poder que habita dentro de nós, captando, modificando e potencializando energia.

De origem japonesa, seu nome identifica o Sistema Usui de Cura Natural (Usui Reiki Ryoho), em homenagem ao seu descobridor, Mikao  Usui.

Rei significa universal e refere-se ao aspecto espiritual, à essência energética cósmica que permeia todas as coisas e circunda tudo quanto existe. Ki é a energia vital individual que flui em todos os organismos vivos e os mantém. Quando a energia ki sai de um corpo, ela deixa de ter vida. O Reiki é um processo de encontro dessas duas energias, a Energia Universal e a nossa energia física.

É um método que controla ansiedade e estresse, ativa o sistema imunológico, bom para eliminar vícios e compulsões, comportamentos e atitudes que queremos modificar. Funciona como instrumento de transformação de energias nocivas em benéficas.

O Reiki é uma terapia complementar, pode ser usada em qualquer tratamento médico convencional ou homeopático e também junto à acupuntura, massoterapia ou qualquer outro tratamento. Age em todo o Ser e trabalha em todos os corpos: físico, mental, emocional e energético.

A energia Reiki é uma das maiores forças deste planeta para a evolução das pessoas, um caminho de harmonização interior com o Universo. É uma energia confortadora, vinda de Deus, do Criador. Vem do macrocosmo para o microcosmo.

O Reiki eleva sua consciência, traz alegria, felicidade, prosperidade, bem estar e recupera e mantém a saúde.

Reiki-112802441

Anúncios

Benefícios da Massagem

Matéria publicada na Revista Contigo, edição de setembro de 2011, na seção “Viver com Saúde”, por Dr. Rondó,  especialista em medicina preventiva. Vale a pena conferir:

Eu sempre fui fã de fazer uma boa massagem de tecidos profundos.

Aliás, às vezes eu acho que isto seja a única coisa que evita que os meus músculos se tornem um grande nó emaranhado.

Mas se você acha que mandar alguém esfregar cada centímetro do seu corpo é um luxo que é caro demais para você, eu vou provar que você está errado.  (E confie em mim—você vai me agradecer!)

Como a ciência de ponta tem demonstrado, a terapia de massagem é, afinal, mais “medicina” do que prazer.

Isto é porque uma boa massagem faz muito mais que relaxar músculos duros e doloridos—pode provocar mudanças biológicas também.

Os pesquisadores no “National Center for Complementary and Alternative Medicine” reuniram amostras de sangue de 53 adultos imediatamente antes e depois de uma sessão de massagem de 45 minutos;  29 receberam massagem de tecido profundo e os demais 24 receberam uma massagem leve.

De acordo com o estudo publicado no Journal of Alternative and Complementary Medicine, as amostras de sangue mostraram que a massagem de tecido profundo efetuou decréscimos significantes de níveis sangüíneos do hormônio do estresse, cortisol, decréscimos em um hormônio que pode levar a um aumento em cortisol e aumentos de um tipo de célula branca sangüínea (linfócito) que faz parte do seu sistema imune.

Lembre-se de que o cortisol é um hormônio de estresse liberado pelas suas glândulas adrenais.  É bom quando você o necessita, e quando está em pequenas doses, porque ele te dá uma rápida explosão de energia, aumenta a sua memória, aumenta a sua tolerância de dor e incrementa a sua imunidade.  Mas isto tudo quando está em pequenas doses.

Como lhe disse antes, pessoas demais se encontram em um estado constante de estresse, que significa que seus níveis de cortisol estão constantemente altos demais.  E quando se trata da sua saúde, isto se traduz em um sistema imune deprimido, uma diminuição em densidade óssea, um decréscimo em tecido muscular, pressão sangüínea alta, função tireoidiana diminuída e um aumento em gordura estomacal.

Agora, de volta ao estudo sobre a massagem, porque os pesquisadores descobriram ainda mais boas notícias em relação ao efeito dela sobre os seus níveis de cortisol.

O segundo grupo de adultos—aqueles que receberam 45 minutos de massagem leve—também tiveram o seu quinhão de benefícios, incluindo níveis diminuídos do hormônio corticotrofina, que instrui as suas glândulas adrenais a liberar o cortisol, e aumento de oxitocina.

A oxitocina é aquele famoso “hormônio do amor”, que é conhecidamente um facilitador de ligações entre pessoas.  Ela também reduz os níveis de cortisol.

Este é um estudo no qual eu gostaria de me matricular!

Com benefícios como redução de pressão sangüínea, melhoria de humor e fortalecimento do sistema imune, a questão não é se você pode arcar com o custo da massagem—é se você pode arcar com as conseqüências de não fazê-lo.