Chicory: o floral para pessoas possessivas e dependentes

O Floral de Bach Chicory relaciona-se com os potenciais da alma ligados à maternidade e ao amor desinteressado.

No estado negativo de Chicory, estas qualidades se tornam negativas, concentrando-se egoisticamente no eu. A pessoa se torna emocionalmente dependente do outro. São pessoas demasiadamente atentas às necessidades dos outros, tendem a cuidar excessivamente das crianças, familiares e amigos, encontrando sempre algo a ser corrigido.

As pessoas no estado negativo de Chicory costumam esperar muito dos outros. Um exemplo clássico é o da “supermãe”, que deseja ter os filhos sempre por perto, para interferir, organizar, criticar e dirigir como disciplinadora rigorosa. Nem todo filho acha fácil libertar-se de um amor de mãe tão possessivo.

Muitas crianças também precisam de Chicory, é fácil perceber, pois estão sempre chamando a atenção da família.

A lição do floral Chicory é o amor desinteressado, sem nada esperar em troca, é o arquétipo da “mãe universal”.

Sintomas-chave do tipo Chicory: Atitude possessiva, interferindo excessivamente e manipulando secretamente.

Florais de Bach para Medo

Grupo dos Florais de Bach para Medo

Bach separou as essências florais em 7 grupos, de acordo com as emoções e comportamentos: medo, incerteza e insegurança, falta de interesse no presente, solidão, hipersensibilidade a influências e ideias, desalento e desespero e preocupação excessiva com os outros.

O primeiro grupo é o das pessoas que sofrem com o medo. 5 essências pertencem a este grupo: Rock Rose, Mimulus, Aspen, Cherry Plum e Red Chestnut, cada uma indicada para um tipo de medo específico:

ROCK ROSE

Rock Rose é indicado para pessoas que sentem medo profundo, terror e pânico. Normalmente o estado Rock Rose é breve, relacionado a acontecimentos como após sofrer um acidente, um assalto ou escapar de um desastre, onde há uma sensação de medo paralisante e de impotência.

MIMULUS

Mimulus é indicado para medo e temores de coisas conhecidas, como medo de dirigir, medo de andar de avião, medo de doenças, medo do escuro. Bom para pessoas tímidas e introvertidas, que tem gagueira e medo de falar em público.

ASPEN

Aspen é indicados para medo vago e indefinido, como ansiedade, apreensão, maus pressentimentos e presságios. Este floral pode ser muito benéfico para crianças sensíveis que têm problemas para dormir à noite, porque “veem” monstros e outras figuras aterrorizantes.

CHERRY PLUM

Cherry Plum é indicado para pessoas que receiam perder o controle mental, emocional ou físico. Pessoas à beira de um colapso nervoso. Podem tornar-se anormalmente violentas e histéricas para com os amigos e família, manifestando súbitas explosões de ira. Impulsos destrutivos, suicídio.

RED CHESTNUT

Red Chestnut trata os que têm medo e se preocupam excessivamente em relação ao bem-estar dos outros, em particular da família e amigos íntimos. Receiam que o pior aconteça aos seus entes queridos, que uma pequena queixa se torne algo grave ou que uma criança a brincar se magoe.

White Chestnut: o floral de Bach para pensamentos obsessivos e preocupantes

White Chestnut é o floral de Bach indicado para pensamentos obsessivos e preocupantes, que parecem impossíveis de controlar.

Esse estado mental é caracterizado por pensamentos persistentes e indesejáveis, debates mentais que continuam a girar na sua cabeça como um disco riscado, causando tormento mental e interferindo na capacidade de se concentrar no trabalho. Estas pessoas, por isso, podem parecer desatentas e poderão não responder quando lhes dirigem a palavra. É também uma das causas mais comuns de insônia, podendo provocar cefaleia e depressão.

Fisicamente, estas pessoas podem apresentar sintomas como: cansaço (baixa vitalidade), problemas de concentração e memória, enxaqueca, insônia, dores de cabeça, sinusite, bruxismo, tensão no pescoço e ombros, problemas digestivos (azia, úlceras). A rigidez e ruminação mental podem gerar também, problemas articulares (artrite, artrose)  ou manias decorrentes de idéias fixas.

O White Chestnut traz clareza e calma mental, paz de espírito. Ele ajuda a pensar claramente e enxergar a saída para os problemas. As preocupações são substituídas pela confiança com resultados positivos.

Sintomas-chave do tipo White Chestnut: Pensamentos persistentes e indesejáveis. Tormento mental.

Rescue Remedy

Rescue Remedy é o floral que resgata e restabelece o equilíbrio.

É a combinação de cinco essências florais: Impatiens (para a agitação, a tensão e a irritabilidade que provoca dor ou nervosismo), Clematis (para a sensação de tontura, desmaio e confusão mental), Cherry Plum (para o sentimento de perda de controle, a histeria), Star of Bethlehem (para aliviar os efeitos do choque) e Rock Rose (para o medo extremo, terror e pânico).

rescueO Rescue é especialmente usado em emergências. Se você recebeu uma notícia ruim, um aborrecimento familiar, se você estiver com medo, confuso ou até em pânico, o Rescue vai ajudar a encarar a situação com uma atitude mental mais equilibrada.

Após um acidente, tanto para as vítimas quanto aos espect
adores, ele é ótimo para aliviar o medo, trazendo conforto e segurança.

Pode ser utilizado também antes de se fazer uma entrevista, antes de provas, quando você for se apresentar perante uma multidão, antes de fazer uma cirurgia ou ir ao dentista, pois reduz o medo e o nervosismo.

Quando se está tenso, nervoso, ou quando a mente não se tranqüiliza, antes de dormir ele é muito eficaz.

Enfim, o Rescue é um remédio indispensável, importantíssimo para se ter à mão, pois nos socorre , tranqüilizando-nos em várias situações.

O Rescue é o floral mais usado em todo o mundo. Mas outras essências podem ser indicadas de acordo com o tipo de personalidade, bem como as emoções vivenciadas em determinado momento da vida.

Distúrbios do Sono

Fundamental para as funções biológicas, o sono é um estado em que a nossa consciência diminui espontaneamente e passamos a reagir menos aos estímulos externos.

Os distúrbios do sono podem ser: sonolência excessiva, sonambulismo, terror noturno, ronco, apnéia e insônia.

Sonolência excessiva é incomum e pode estar relacionada a alterações metabólicas como desidratação e diabetes.

Já o sonambulismo e o terror noturno são distúrbios mais frequentes na infância, e na maioria das vezes estão relacionados à emoção.

O ronco e a apnéia estão associados à obesidade. No ronco excessivo, a pessoa acorda com o próprio barulho, e na apnéia ocorrem curtas pausas na respiração durante o sono, o que acaba prejudicando a qualidade do mesmo. Nos dois casos, quando associados à obesidade, é importante perder peso e evitar dormir de barriga para cima.

A insônia é uma situação muito frequente, e o diagnóstico correto é fundamental na escolha da terapia. Caracteriza-se pela dificuldade para dormir, tanto no que diz respeito ao inicio do sono como também a duração, propiciando uma sensação de noite mal dormida com cansaço ao acordar.

A insônia que persiste por mais de três semanas é denominada crônica. Ela pode surgir a partir de determinados hábitos como: horário irregular para dormir, uso abusivo de café, tabagismo, alcoolismo, entre outros. Na grande maioria dos casos a insônia também está relacionada a distúrbios psíquicos como a depressão, ansiedade, angústia ou estresse.

Os distúrbios do sono podem gerar irritabilidade, dificuldade de relacionamento social e de concentração, e diminuição da libido. Sem falar nas doenças que podem ter o risco aumentado com a insônia, como infarto, obesidade, diabetes, arritmias e hipertensão arterial.

Alguns cuidados são muito importantes para se ter um bom sono:

  • Praticar exercício fisico regularmente;
  • Comer alimentos leves antes de dormir;
  • Seguir o mesmo horário para dormir e acordar todos os dias;
  • Evitar dormir mais que o necessário;
  • Estar relaxado e traquilo ao ir dormir;
  • Tomar um banho quente antes de deitar;
  • Evitar bebidas estimulantes (café, álcool, chá mate) e fumo.

A utilização das plantas medicinais com ação calmante pode ser útil no tratamento dos distúrbios do sono, lembrando que a orientação de um profissional é fundamental para a realização de um tratamento adequado para cada caso. Algumas plantas medicinais que podem ser utilizadas, na forma de chás, tinturas ou cápsulas, são: a Valeriana (Valeriana officinalis), o Maracujá (Passiflora incarnata), a Erva-Cidreira (Cymbopogon citratus), a Melissa (Melissa officinalis), a Falsa-Melissa (Lippia alba), entre outros.

Na Aromaterapia o óleo essencial de Lavanda (Lavandula officinalis) é muito eficaz para insônia. Use-o através do aromatizador de ambiente, aromatizador pessoal ou ainda pingando duas gotas no travesseiro. Outros óleos essenciais úteis em casos de insônia são Ylang-ylang (Cananga odorata), Manjerona (Origanum majorana) ou Bergamota (Citrus bergamia).

Os Florais de Bach também podem ser úteis no tratamento, um exemplo é o floral Rescue Sleep, criado para tratar os distúrbios do sono, especialmente aqueles que são resultantes do estresse.